Pós-Graduação em Acupuntura

O mais completo do Brasil

Imprensa

Terça-feira, 17 de Novembro de 2020 - 10:55 - Atualizado em 17/11/2020 11:18

Estudo de Caso: O Uso da Acupuntura para Tratamento de Fibroadenoma

Baseado no TCC de pós graduação em Acupuntura da Aluna VIVIAN TIEMI HAMAMOTO CYPRIANO.

Os nódulos mamários benignos correspondem a 80% das massas palpáveis nas mulheres; seu diagnóstico envolve cisto mamário, fibroadenoma, tumores filoides, papilomas, lipomas e adenomas, trazendo a necessidade de informações e tratamento adequados. Estas doenças mastoginecológicas tem uma carga emocional simbólica muito alta e alteram muito o estado emocional das mulheres.  Fibroadenoma é o nódulo mamário mais comum entre adolescentes e mulheres jovens. Quando seu aspecto palpatório não é típico, é realizado exame de ultrassonografia e o diagnóstico é essencialmente clínico. Tal tipo de massa apresenta-se como tumor único ou múltiplo, móvel, bem delimitado, não fixo ao tecido adjacente, lobulado, de crescimento lento, com maior ocorrência no quadrante súpero-lateral; a maioria é indolor e não possui um tratamento específico, podendo haver indicação de cirurgia para remoção quando há dor local, deformação da mama ou aumento rápido.

Segundo a Medicina Chinesa, as especificidades fisiológicas da mulher apresentam-se por meio dos fenômenos das menstruações, leucorréias, gravidez, parto e aleitamento, e para assegurar as necessidades fisiológicas da mulher e o bom funcionamento dos órgãos leva-se em consideração uma abundância de QI (energia), XUE (sangue) e a boa circulação nos vasos sanguíneos. Na MTC a palpação das mamas tem por finalidade reconhecer os padrões que formam os nódulos, e jamais substituir os protocolos de diagnóstico da medicina convencional. A formação desta condição está intimamente ligada ao Fígado e Estômago, estruturas cujos canais superficiais e regulares estão distribuídos na mama e no mamilo, e nos canais de Chong e Ren e ocorre normalmente quando há distúrbios emocionais que afetam a função do fígado de controlar o fluxo livre de QI por longo tempo, o que leva à estagnação e um domínio sobre o Estômago. A patologia dos nódulos mamários é considerada bem complexa, podendo ser causada pela estagnação do Qi, estase de sangue e formação de mucos (quando há também deficiência do Baço), sendo assim, para tratar os nódulos, deve-se eliminar a estagnação e resolver os Mucos.

Diante da possibilidade de uma cirurgia e da busca de meios complementares para o tratamento de nódulos mamários, a acupuntura surge como uma alternativa que equilibra todo o corpo e trata o lado físico e mental.  Este trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia da acupuntura no tratamento dos nódulos mamários em 16 sessões, para fins de validação como um recurso terapêutico eficiente, importante não só para o tratamento físico, mas como recurso adicional de geração de bem estar mental, controle do estresse e ansiedade decorrentes do processo.

O estudo foi realizado com uma paciente de 32 anos de idade, que apresentava nódulos mamários nos dois seios, diagnosticados pela medicina ocidental como cisto mamário e fibroadenoma.

ANAMNESE:  De acordo com o interrogatório, a paciente se queixou, além dos nódulos mamários,  de um cisto na tireoide; relatou estar sempre preocupada, com a cabeça cheia de ideias e demora para dormir em virtude disso; dores no ombro e pescoço próximo aos pontos TA15, VB21, ID13; cicatriz no meridiano de BP (próximo a BP6); sente frio, principalmente nas mãos e nos pés; sensação de fome o tempo todo e queimação estomacal raramente; eventualmente sentia dores de cabeça na região frontal e temporal; relata  fezes amolecidas na maioria dos dias; sede sem vontade de beber água. Cirurgia de cisto no ovário aos 11 anos, e cirurgia no abdômen e na bexiga, decorrentes de um acidente de carro aos 6 anos. As vezes sente vontade de alimentos doces e tem preferência pelo sabor azedo. A língua apresentava-se pálida, edemaciada, com a borda marcada pelos dentes, ponta levemente avermelhada, saburra branca e pouco espessa. Menstruação apresenta ciclos que duram entre 32 e 26 dias, com fluxo de quatro dias, sendo os dois primeiros mais intensos. Pulso apresentava-se de maneira geral profundo, fraco e escorregadio, sendo que as posições referentes ao Coração e Fígado estavam um pouco mais fortes, o Baço se encontrava com um pulso bem fraco, quase imperceptível.

DIAGNÓSTICOS SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA: A partir do interrogatório, foi realizado o diagnóstico pelos oito princípios: Yang-Yin, Exterior-Interior, Plenitude-Vazio, Calor-frio. E o diagnóstico energético indica que há deficiência de YANG, que acomete o interior (pois o problema relatado está nos órgãos e vísceras), gerando um frio vazio (paciente tem as extremidades frias e há temor ao frio); há deficiência de YANG do baço, que gera aspectos YIN; o elemento afetado é a Terra. Quando o baço está deficiente, as atividades de transporte-transformação estão defeituosas, então, aparecem formações patogênicas de edemas ou mucosidades, o que pode explicar o aparecimento dos nódulos. A preocupação em excesso pode gerar estagnação de QI no Coração, gerando calor, o que se observa na ponta da língua avermelhada e alterando o funcionamento do Shen (mente). Esse excesso do coração, elemento fogo, pode gerar uma deficiência do elemento Terra, pois de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), a mãe controla o filho.  

PROTOCOLO DE TRATAMENTO: Segundo os princípios da MTC, foi necessário tonificar o Yang, tonificar o baço, dissolver as mucosidades, regular o QI do Estômago, acalmar o Shen e mover o QI. Os pontos shu dorsais estão situados no ramo medial do meridiano de Bexiga. Esta técnica é geralmente empregada para o tratamento de doenças de órgãos internos correspondentes; eles revigoram o Yang no caso de doenças Yin (doenças crônicas, síndromes de frio).

TRATAMENTO: foram realizadas 16 sessões de acupuntura sistêmica com agulhas DONG BANG de tamanho 0,25x30, seguidas de aplicação de sementes de colza na auriculoterapia. Foram utilizados de acordo com sua ação energética os pontos: VC-12, E-36, BP- 3, BP-6, VC-9, E-40 permanecendo por 20 minutos e os pontos shu dorsais: B-22, B-20, B-21, B-18, B-19, por 10 minutos.  A cicatriz localizada no meridiano de BP foi tratada com ímãs de neodímio durante o mesmo período das sessões de acupuntura sistêmica.

Pontos utilizados no tratamento e suas funções

·         VC-12: Harmoniza e fortalece o triploaquecedor médio, regula o QI, trata distúrbios de umidade do corpo. Ponto MO de Estômago, ponto mestre dos órgãos. 

·         VC-9: Regula os caminhos da água, elimina edemas; regula o intestino e dissipa acúmulos.  

·         E-36: Regula o estômago, fortalece o baço, transforma a umidade; fortalece o QI e o YANG, nutre o sangue e o YIN; tranquiliza o SHEN. Ponto Terra. 

·         E-40: Transforma a umidade e o muco, tranquiliza o SHEN. Ponto LUO. Principal ponto para distúrbios de muco. 

·         BP-3: Fortalece o Baço e o Estômago, regula o QI; remove umidade. Ponto fonte de BP. Ponto Terra. 

·         BP-6: Fortalece o Baço e o Estômago, transforma a umidade; Nutre o Sangue e o YIN. Ponto ginecológico importante. Ponto LUO. 

·         B-18: Distribui o QI do Fígado, regula e nutre o sangue do Fígado, filtra a umidade e o calor. Ponto SHU do Fígado. 

·         B-19: Filtra a umidade e o calor do Fígado e da Vesícula Biliar. Ponto SHU da Vesícula Biliar.

·         B-20: Fortalece o QI e o YANG do baço; transforma a umidade. Ponto SHU do baço. 

·         B-21: Regula o estômago, harmoniza o TA médio, elimina umidade e estagnação. Ponto SHU do Estômago.

·         B-22: Regula o Triplo-Aquecedor, Estômago e Baço-Pâncreas, remove umidade, elimina a massa; abre os caminhos da água. Ponto SHU do Triplo Aquecedor.

RESULTADOS: Ao longo do tratamento, a paciente relatou uma melhora nas características das fezes, que deixaram de ser pastosas (com exceção dos dias em que havia um descuido em relação à alimentação, geralmente em dias de maior consumo de alimentos gordurosos e bebida alcoólica). Além disso, a paciente estava mais disposta, melhora no estado geral e ânimo; a demora para dormir persistia, mas o sono estava reparador. Em relação às massas mamárias, ao toque, a paciente relatou que sentiu que havia diminuído e que não a incomodava mais.  Após 11 sessões, observou que o ciclo menstrual tinha se regularizado (nos meses de Abril e Junho, o ciclo foi de 28 dias e o de Maio foi de 29 dias), apesar de não ser o foco do tratamento, isto ocorreu pois o Fígado é de extrema importância no ciclo menstrual, mantendo livre o movimento de QI e regularizando a menstruação; quando o sangue do fígado está deficiente, pode haver amenorreia, períodos menstruais irregulares e tensão pré-menstrual. Após as sessões, realizou-se um novo exame de ultrassonografia que apresentou os dados abaixo e permitiu realizar uma comparação das dimensões segundo a tabela:   

 Comparação entre os tamanhos dos nódulos no início e final do tratamento com acupuntura. 
Exame inicial Mama Direita: Exame pós tratamento Mama Direita:  
1o nódulo         0,9 x 0,3 0,7 x 0,3
2o nódulo         0,8 x 0,4 0,5 x 0,2  
Mama Esquerda Mama Esquerda
 1o nódulo       2,6 x 1,7   0,9 x 0,4
 2o nódulo      1,4 x 0,7 1,4 x 0,6
3o nódulo      1,1 x 0,6 0,8 x 0,4 
4o nódulo       1,1 x 0,7  0,6 x 0,4

Comparando-se os dados dos exames de ultrassom, nota-se que na mama direita os nódulos apresentaram uma ligeira diminuição e na mama esquerda os nódulos também diminuíram, porém, um deles apresentou resultado mais animador, pois reduziu de 2,6 x 1,7 para 0,9 x 0,4 cm.

Sendo assim, para a paciente deste presente estudo, foi sugerido a continuidade do tratamento com acupuntura, com mais uma sequência de 16 sessões, com posterior avaliação das dimensões das massas em um novo exame de ultrassonografia.

Diante dos dados expostos em literaturas, há grandes possibilidades de que as massas mamárias regridam consideravelmente ou desapareçam completamente.  As irregularidades menstruais, as tensões emocionais e mudanças comportamentais provocadas pelos ciclos femininos, os tumores de mama, os sintomas da menopausa, entre outros têm sido, nos últimos anos, temas amplamente debatidos nos diversos meios de comunicação e, apesar da relevância do tema para a saúde da mulher e da grande incidência dessa enfermidade na população feminina, ainda há poucos relatos na literatura da utilização da Medicina Tradicional Chinesa no tratamento dessa doença, portanto, são necessários mais estudos que contribuam para a confirmação da eficácia da acupuntura para este tipo de tratamento. 

Autora do artigo: Carla Ceppo

Deixe seu Recado
Receba Informações