Aluno Menu

Imprensa

Terça-feira, 09 de Abril de 2019 - 09:49 - Atualizado em 09/04/2019 10:05

Aplicando Fitoterapia Chinesa no Tratamento do Colesterol Genético

Artigo baseado no TCC para conclusão do curso de Acupuntura pelo CETN, do aluno Marcelo Pugiali.

O colesterol é uma substância gordurosa, importante e necessária para o adequado funcionamento do nosso corpo, participando da formação de hormônios, da membrana que envolve as células, da camada protetora dos nervos, além da formação da bile e da vitamina D. Aproximadamente 70% dessa substância é produzida pelo próprio organismo e 30% é proveniente da alimentação. Embora seja fundamental para o nosso corpo, quando há uma elevação do colesterol, ele se torna prejudicial à saúde, podendo acarretar a formação de placas de gordura e o entupimento dos vasos; trazendo riscos de infartos, doenças renais e outras doenças cardiovasculares. O colesterol é transportado no corpo por proteínas e essa combinação se chama lipoproteínas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), há três causas para a alteração do colesterol, a primeira é o fator genético, quando o indivíduo possui genes que determinam essa alteração; a segunda é através da ingestão de alimentos gordurosos, com alto índice de colesterol, e a última possível causa são doenças, como hipotireoidismo, diabetes e doenças renais.

De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa o colesterol é causado por estagnação de energia do Fígado e Vesícula Biliar, este último também afetado pelo Calor e Umidade excessiva. Tudo isto combinado com uma deficiência de Qi do Baço.

Utilizando-se um dos pilares da MTC para entendimento dos desequilíbrios energéticos que desencadeiam as doenças, temos a Teoria dos Cinco Elementos, assim uma doença do Fígado pode se transmitir ao Baço; é que “a Madeira aproveita a fraqueza da Terra e agride”. Uma doença do Baço pode também ser influenciada sobre o Fígado, é que “a Terra ultraja a Madeira”. Quando o Fígado e o Baço estão doentes juntos, influenciam-se mutuamente porque “a Madeira está congestionada, a Terra está vazia, ou então a Terra está obstruída, a Madeira está congestionada”. Uma doença do Fígado pode influenciar também o Coração e acontece que: “a doença da Mãe atinge o Filho”; pode influenciar os Pulmões, o que resulta em “a Madeira ultraja o Metal”; pode influenciar os Rins, o que resulta em “a doença do Filho atinge a Mãe”.

Neste estudo de caso, foi usado na pesquisa a erva - Hong Qu (Monascus Purpureus). Extrato alcoólico vegetal, solução conservante GL 84%. Produto comprado no site Tao Das Ervas, produzido por Miyamoto produtos fitoterápicos CNPJ - 13.709.442/0001-53.

Ações: Fortalece o baço, seca o estômago, promove digestão e revigora a circulação sanguínea.

Indicações: Casos de dor abdominal devido a sangue estagnado, disenteria branco-avermelhada, traumas externo e interno.

Características: Morno, picante e doce.

Canais: Baço, Fígado e Intestino Grosso.

Ação: Tonifica Baço e Estomago, promove digestão, circula Xue e elimina estase de Xue.

Indicações: Tonifica Baço e Estomago, promove digestão, circula Xue e elimina estase de Xue.

Paciente sexo feminino,10 anos de idade, estudante, apresentando colesterol de origem genética. Foi feito exame sangue para controle, e a partir desta data iniciou-se o tratamento utilizando o fitoterápico. A dosagem utilizada foi de 30 gotas 3 vezes ao dia. Durante o período de tratamento não houve alteração alimentar e nem de atividade física em relação ao período de pré tratamento. Foi realizada nova coleta após 30 dias, para conclusão do estudo.

2019, artigos, editor,
2019

Conforme mostram os gráficos e a tabela, o uso do Fitoterápico (Monascus P.) apresentou excelente resultado no que se refere ao controle do colesterol. Embora não tenha havido mudança no dia a dia quanto à alimentação e atividade física, ao final da pesquisa houve significante resultado referente a redução da taxa de colesterol total, LDL e pequeno aumento HDL, o que possibilitou que as taxas de colesterol ficassem dentro do padrão desejado pela idade.

Autora do artigo: Carla Ceppo.

Deixe seu Recado