Aluno Menu

Imprensa

Terça-feira, 25 de Setembro de 2018 - 09:47

Acupuntura pode ajudar pessoas com ansiedade, depressão e pânico

setembro, 2018, imprensa,
A acupuntura pode ser uma ótima aliada no tratamento de distúrbios de ansiedade.

A ansiedade é uma reação normal ao ser humano, que pode surgir como um alerta que nos prepara a algum novo desafio, facilitando a adaptação. Porém, quando esta sensação vira parte da rotina, com preocupação excessiva, piora na qualidade de vida, dificuldades para dormir, crises de medo ou pânico, deve ser investigada e tratada.

De acordo com estimativas da Organização Mundial de Saúde, quase 24% dos brasileiros apresentam algum transtorno de ansiedade. As causas dela são diversas, com diversos fatores que podem estar envolvidos, como histórico familiar e experiências passadas. Não se sabe exatamente quais as causas reais da ansiedade.

Os sintomas da ansiedade podem também variar muito de pessoa para pessoa. Alguns dos principais sintomas psicológicos incluem um medo irracional, sensação de perigo, nervosismo ou de que algo ruim irá acontecer. Outros sintomas podem ser até físicos, com palpitações, dores musculares, respiração rápida, transpiração fria, tremores ou aumento de frequência cardíaca com dores no peito.

O diagnóstico da ansiedade nem sempre é fácil. Se os sintomas estão atrapalhando a vida diária, causando sofrimento, deve-se procurar ajuda especializada. O tratamento pode ser realizado de diversas maneiras, com terapias, meditação, medicamentos. Uma nova opção terapêutica com bons resultados é a acupuntura.

A acupuntura pode ser uma ótima aliada no tratamento de distúrbios de ansiedade. A acupuntura é uma técnica milenar chinesa que envolve a inserção de finas agulhas metálicas em regiões específicas do organismo, para se obter efeitos analgésicos, relaxantes musculares e ansiolíticos.

A acupuntura funciona principalmente por estimular pequenos nervos periféricos, resultando na liberação de neurotransmissores como a serotonina e dopamina. Estudos de neuroimagem que avaliam o fluxo sanguíneo cerebral encontraram que a acupuntura pode estimular áreas cerebrais responsáveis pela emoção, como o sistema límbico, córtex e tronco cerebral. Outro estudo americano encontrou que a acupuntura pode reduzir a liberação de hormônios relacionados ao stress.

Há atualmente diversos estudos que mostram possíveis benefícios. Um estudo inglês de 2015 encontrou que a acupuntura melhorava sintomas em pessoas com ansiedade que não respondiam a outros tratamentos, como psicoterapia e medicação. Os participantes receberam 10 sessões de 30 minutos de acupuntura durante 12 semanas, e apresentaram melhora importante dos sintomas.

Geralmente, se observa alívio nos sintomas com um tratamento semanal regular, com melhoras sutis e graduais. A acupuntura pode ser uma opção segura e eficaz para pacientes com ansiedade leve a moderada. Ela deve ser combinada com o tratamento convencional, ajudando na eficácia do tratamento e também reduzindo efeitos colaterais dos remédios.

Gazeta Espotiva | Vida Saudável
Deixe seu Recado