Pós-Graduação em Acupuntura

O mais completo do Brasil

Imprensa

Terça-feira, 15 de Outubro de 2019 - 11:33

A acupuntura japonesa

2019, noticias, editor,
2019
A acupuntura surgiu na China, há 3 mil anos atrás, durante a Dinastia Shang e foi desenvolvida juntamente com outros ramos na medicina tradicional chinesa.

Antes de chegar e se desenvolver no Japão, houve um longo processo de intercambio cultural, educacional, econômico e religioso.

O Japão se destaca por aprimorar e desenvolver qualquer tipo de conhecimento importado de outra cultura, e na acupuntura não foi diferente. Os japoneses desenvolveram um estilo próprio e aprimorado de realizar a terapia.

Um aspecto que diferencia a pratica chinesa da japonesa, é na parte da diagnose nas técnicas e nos materiais usados.

A acupuntura japonesa e desenvolveu e adequou para praticantes com deficiência visual, por isso, há grande sensibilidade tátil na localização dos pontos, meridianos e na pulsologia. O que também difere é o diagnóstico da hara, exclusivo da prática japonesa.

As agulhas japonesas são usadas agulhas delgadas, inseridas com mandril, de modo superficial e um estimulo suave, atuando sobre o Wei Chi.

Na acupuntura japonesa também é usada moxabustão como parte integrante e complementar do tratamento. É conhecida no Japão como Ôkyu, sendo muito forte e clássico no país.

Os benefícios da acupuntura japonesa

A acupuntura traz inúmeros benefícios para a saúde, sendo eles:

  • Pode ajudar na perda de peso
  • Diminuir a dor nas costas
  • Reduzir o stress
  • Diminuir problemas estomacais
  • Aliviar dores de cabeça
  • Reduzir a ansiedade
  • Aliviar sintomas de depressão
  • Acelerar recuperação de lesões
  • Aliviar os sintomas de TPM
  • Reduzir efeitos colaterais da quimioterapia
  • Tratar vários tipos de dores
Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão
Deixe seu Recado