Pós-Graduação em Acupuntura - O mais completo

Artigos

Tamanho da FonteDiminuir FonteAumentar Fonte
 
Terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Tratamento com acupuntura para osteoporose

MARIA A.; MOURA, N. B.

Artigo elaborado através do trabalho de conclusão de curso CETN - Sorocaba 2010.

1. INTRODUÇÃO

A osteoporose tem sido recentemente reconhecida como um dos maiores problemas de saúde pública, devido à alta taxa de morbi-mortalidade relacionadas com fraturas. É uma doença esquelética sistêmica caracterizada por uma diminuição da massa óssea e deteriorização macroarquiteturial do tecido ósseo, com consequente aumento da fragilidade óssea e susceptilidade à fratura.

A perda de massa óssea é uma consequência inevitável do processo de envelhecimento. Entretanto, no indivíduo com osteoporose a perda é tão importante que a massa óssea cai abaixo do limiar para fraturas, principalmente em determinados locais como quadris e vértebras.

O tratamento mais procurado é o medicamentoso, chamado tratamento convencional, entretanto, pode-se observar que outras modalidades de tratamentos, como acupuntura, estão em ascensão o que é justificado pela sua eficácia e ausência de efeitos colaterais.

1.1 JUSTIFICATIVA

A escolha do tema desta monografia ocorreu em função da nossa experiência com pacientes que possuem osteoporose, onde foi observada a perda de capacidade física com maior risco de queda ocorrendo as fraturas, principalmente ao realizar suas atividades da vida diária (AVDs). Justifica-se também na busca de dados que possam comprovar a eficácia da acupuntura, para os sintomas de perda de funcionalidade sem apresentar efeitos colaterais diversos.

2 OBJETIVO

Verificar a partir de revisão literária, os efeitos da acupuntura na funcionalidade física e melhorar a qualidade de vida e bem-estar dos indivíduos com osteoporose.

3. OSTEOPOROSE NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

A osteoporose é uma doença osteo metabólica, caracterizada por uma diminuição progressiva da massa óssea, com modificações na arquitetura trabecular, levando à uma diminuição da resistência óssea e a um maior risco de fraturas, em presença de traumas de baixa energia ou menor impacto.

É considerado um grave problema de saúde pública, sendo uma das mais importantes doenças associadas ao envelhecimento. A fratura de fêmur é a consequência mais dramática de osteoporose.

Os ossos são estruturas compactas, rígidas e internas de natureza yin. O elemento água vem a ser responsável pelos ossos, segundo teorias clássicas. Desta forma temos o rim como o principal órgão e o responsável pela adequada embriogênese, nutrição e desenvolvimento ósseo.

A manutenção do tecido ósseo está diretamente relacionada com a função de dois tipos de células, os osteoblastos e os osteoclastos, sendo as primeiras relacionadas com a síntese de matriz óssea e yin, e as segundas relacionadas com a reabsorção óssea e yang. Além do rim, principal órgão, envolvido na osteoporose, temos o baço que exerce uma importante função no que diz respeito a fornecer "material" para a formação óssea.

Temos ainda o fígado, que também participa da regulação do metabolismo ósseo, no que diz respeito ao crescimento e evolução, características do elemento madeira.

A osteoporose ocorre no momento em que há um desequilíbrio do rim e do baço, resultando em uma deficiência do yin de ambos, acarretando um predomínio do aspecto yang do rim e uma deficiência da essência do rim e consequente aumento da reabsorção óssea pelos osteoclastos.

4. DIAGNÓSTICO SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

Há como evidenciar três síndromes para a osteoporose segundo a Medicina Tradicional Chinesa:
Osteoporose Yin senil;
Osteoporose Yang pós-menopausa;
Osteoporose Mista pós-menopausa tardia;

4.1 OSTEOPOROSE YIN SENIL

Abrange pessoas superior a 65 anos, baixo peso, tornozelos finos, pés frios, áreas escurecidas na pele, cabelos escassos e fracos, tímidas, inseguras, dores na coluna, principalmente lombalgia.
Língua pequena e pálida e pulso profundo. Com o passar da idade a essência (jing) do rim, diminui assim como o Yin, aqui há uma hipofunção dos osteoblastos, relacionada também com uma deficiência secundária do baço.

4.2 OSTEOPOROSE YANG PÓS-MENOPAUSA

Normalmente atinge mulheres no climatério, e sintomas como ansiedade, insônia, irritabilidade, dismenorréia e tensão pré-menstrual, cefaléias, gonalgias, epigastralgias, alterações biliares e rigidez paravertebral.
Língua avermelhada, principalmente nas laterais, podendo ter tremores e pulso rápido e tenso. Aqui há uma ascendência do yang do fígado, relacionada com emoções reprimidas. Esta condição lesa o baço pelo controle excessivo, que posteriormente lesa o rim, ocasionando uma situação de deficiência do yin e plenitude do yang.

4.3 OSTEOPOROSE MISTA PÓS-MENOPAUSA TARDIA

Normalmente atinge pessoas acima de 60 anos, com sintomas como fadiga, dores na coluna vertebral e demais ossos, histórico de alterações que já sumiram, hipercifose dorsal, unhas quebradiças, fraqueza nos joelhos, falta de firmeza nos movimentos e cabelo fraco.
Língua com tamanho variável, dependendo do estágio e pulso fino e fraco e possivelmente lento. Normalmente há uma alteração prolongada do fígado, comprometendo intensamente em seguida o baço e o rim, com deficiência do Qi e do sangue. Aqui a produção óssea é deficiente, com ou sem comprometimento na reabsorção.

5. PROPOSTA DE TRATAMENTO

Principais pontos da acupuntura sistêmica nas três síndromes da osteoporose:

VB39 (Xuanzhong), B11 (Dazhu), B17 (Geshu), B23 (Shenshu), R3 (Taixi), E36 (Zusanli).

Principais pontos de Acupuntura Auricular:
Rim, Adrenal, Fígado, Tireóide, Locais, Bexiga, Baço, Estômago

Principais pontos para Moxabustão:
R3, B23, B11, B17

5.1 PRINCIPAIS PONTOS PARA A OSTEOPOROSE YIN SENIL

R3 (Taixi), R7 (Fuliu), R10 (Yingu), B23 (Shenshu), B52 (Zhishi), VC4 (Guanyuan), VG4 (Mingmen).

5.2 PRINCIPAIS PONTOS PARA A OSTEOPOROSE YANG PÓS-MENOPAUSA

R3 (Taixi), R10 (Yingu), BP6 (Sanyinjiao), F2 (Xingjian), F3 (Taichong), F8 (Ququan).


5.3 PRINCIPAIS PONTOS PARA OSTEOPOROSE MISTA PÓS-MENOPAUSA TARDIA

R3 (Taixi), R10 (Yingu), B13 (Feishu), B14 (Jueyinshu), B15 (Xinshu), B43 (Gaohuang), B44 (Shentang), F3 (Taichong), F8 (Ququan), BP6 (Sanyinjiao), BP10 (Xuehai).

7. CONCLUSÃO

Atualmente, pode-se observar o surgimento de uma situação relativamente nova: o envelhecimento populacional, que significa o aumento da proporção de idosos. Portanto, com o aumento da expectativa de vida e consequentemente aumento da população com risco de desenvolver doenças relacionadas ao envelhecimento, incluindo a osteoporose, torna-se necessário o desenvolvimento e a prática de medidas preventivas, terapêuticas e de reabilitação.

Com base nos referenciais teóricos estudados, concluímos que a Acupuntura tem demonstrado ser uma eficiente sugestão de tratamento na funcionalidade física e na qualidade de vida em pacientes com osteoporose.

Orientado por Larissa Angélica Bachi, adaptado por profª Brena Montanha.