Pós-Graduação em Acupuntura - O mais completo

Artigos

Tamanho da FonteDiminuir FonteAumentar Fonte
 
Terça-feira, 17 de julho de 2012

Efeitos do uso prolongado de antibióticos e suas reações adversas vistos pela leitura de diagnóstico

da medicina tradicional chinesa (mtc) - Caso clínico

CAMILA CAETANO FARIA
SHIZUE YOKOTA
Artigo elaborado baseado em partes do Trabalho de Conclusão de Curso, Autora do artigo: Profa. Larissa A. Bachir Polloni - CETN

M.R., 41 ano, sexo masculino, divorciado, vendedor. Queixa-se de dor de cabeça na região occipital e temporal, tontura, zumbido há aproximadamente 6 anos no lado direito e transpiração excessiva. Há cerca de 6 anos, quando morou em Portugal, teve uma infecção no intestino (segundo diagnóstico médico) e perdeu 13 quilos em 1 mês. Fez uso de vários medicamentos inclusive antibióticos. Apresenta irritabilidade; transpiração durante a noite, fria no corpo inteiro; insônia; bebe bastante água e tem preferência por gelada; sente necessidade de comer doces, mas prefere salgado; fezes escuras e amolecidas; urina clara e sem odor; apresenta aftas com frequência na boca; lábios pálidos; língua pálida, inchada, com marcas dentárias nas laterais, pouca umidade, saburra branca em Triplo aquecedor (TA) Médio e principalmente Superior (região média e posterior da língua); demonstra-se preocupado; pulso forte em Vesícula Biliar (VB) e Fígado (F) e fraco em Estômago (E) e Baço-Pâncreas (BP).

Segundo Maciocia (2007), para analisar os padrões, ou seja, a desarmonia por trás das manifestações clínicas será usado:

1º Critério - Identificação de Padrões de acordo com os Oito Princípios, que permite que o terapeuta identifique e localize a natureza da desarmonia, e também que estabeleça o princípio do tratamento. É baseado nas categorias de Interior - Exterior, Calor - Frio, Excesso - Deficiência e Yin - Yang.

2º Critério - Identificação de Padrões de acordo com o Qi, Sangue, Fluidos Corpóreos que é baseada nas mudanças patológicas dessas Substâncias Vitais.

3º Critério - Identificação de Padrões de acordo com os Órgãos Internos (Zang Fu), que tem como base os sinais e sintomas que se originam quando o Qi e o Sangue dos órgãos internos estão em desequilíbrio.

4º Critério - Identificação de Padrões de acordo com os Cinco Elementos, que tem como base as mudanças patológica que ocorrem nas disfunções das seqüências da Geração, da Superatuação e da Afrontação dos Cinco Elementos.

DIAGNÓSTICO ENERGÉTICO: 1° Critério - Oito Princípios:

  • Interior: Pois, há uma desarmonia interna dos Zang Fu (ROSS, 1994).
  • Calor: Quando existe Deficiência do Yin e Excesso do Yang (MACIOCIA, 2007).
  • Deficiência: Segundo Maciocia (2007), fezes amolecidas, língua pálida e pulso fraco, apresentados pelo paciente, caracterizam uma condição de Deficiência, que pode ser tanto Yang quanto Yin.
  • Yin: Diz respeito ao padrão geral que se apresenta o paciente no momento da avaliação.

2° Critério - Substâncias Vitais:

  • Deficiência de Xue: Segundo Maciocia, (2007), língua pálida indica deficiência Yang ou Sangue. Muito úmida é deficiência Yang, seca é deficiência Sangue.
    Pulso fraco em Estômago e Baço indica deficiência de Yang ou, às vezes, deficiência de Sangue (MACIOCIA, 2007).
    No caso clínico citado, o paciente apresenta tontura com início gradual, o que demonstra um padrão de Deficiência, e sendo leve, mas agravada pelo cansaço, indica Deficiência de Sangue.
  • Estagnação de Qi.: Embora cada emoção tenha efeito particular no Qi, (por exemplo, o estado de ficar pensativo amarra o Qi), todas as emoções têm tendência a causar algumas estagnações do Qi depois de certo tempo.
    Por isso, quando alguém sofre problemas emocionais por muito tempo, geralmente a sinais de Calor pode estar no Fígado, Pulmão, Coração ou Rim (Calor por deficiência no caso deste ultimo Órgão) (MACIOCIA, 2007).
    Segundo Maciocia, a preocupação amarra o Qi o que significa que ela causa estagnação do Qi, e afeta o Pulmão e o Baço.

3° Critério - Síndrome do Zang Fu:

  • Deficiência Yin/Yang do Rim.: "O paciente que fez uso prolongado de antibióticos e tratamento por um longo período esgota o Jing do Rim; e os remédios consomem mais o Yang" (informação verbal)³.
    O ruído que o mesmo apresenta, iniciou de forma gradual, e segundo Maciocia (2007), isto indica uma condição de Deficiência (geralmente deficiência do Rim).
    A dor de cabeça que o paciente relata, teve início gradual e com pequenos ataques, e aparece freqüentemente ao anoitecer, o que caracteriza um padrão de Interior e Deficiência de Sangue ou Yin. Localiza-se na região occipital (nuca): canal Yang Maior (invasão exterior de Vento - Frio ou interior de Deficiência de Rim). Apresenta sensação de dor "dentro da cabeça", que aponta Deficiência de Rim (MACIOCIA, 2007).
  • Deficiência Yang do Baço. : O pensar em excesso, estudar em excesso, pensamentos obsessivos e a preocupação prejudica o Baço, assim as funções de transformação e transporte diminuem (ROSS,1994).
    Segundo Maciocia (2007), fezes amolecidas com presença de alimento não digerido indicam deficiência do Qi do Baço e borburigmo associado a fezes amolecidas indica Deficiência do Baço.
    Língua inchada e com marcas de dentes nas laterais indica deficiência do Qi do Baço.
  • Ascendência do Yang do Fígado.: Pela dor de cabeça que incide sobre as têmporas, lateral da cabeça, tontura, tinidos, insônia e irritabilidade.
    Dor de cabeça localizada nas têmporas e laterais da cabeça: canal Yang Menor (Vento exterior no Yang Menor, ou interior subida do Fogo do Fígado e da Vesícula Biliar) (MACIOCIA, 2007).

4°Critério - Cinco Elementos

O paciente apresenta uma Deficiência Yin e Yang do Rim (Elemento Água - Mãe), o Yin do Rim controla o Yin do Fígado (Elemento Madeira - Filho), como este controle está deficiente ocorre uma Ascendência do Yang do Fígado.

Já o Yang do Baço (Elemento Terra), pode estar em Deficiência por dois motivos. O primeiro porque o Yang do Rim (Elemento Água) controla o Yang do Baço, como o Yang do Rim está deficiente em conseqüência o Yang do Baço também ficará. O segundo motivo é que com Ascendência do Yang do Fígado (Elemento Madeira - Avô), não há um controle sobre o Yang do Baço (Elemento Terra - Neto).

Proposta de Tratamento: Nutrir Xue, Tonificar Yin e Yang do Rim e Tonificar Baço.

O paciente citado acima realizou tratamento com acupuntura e obteve bons resultados e diminuição da sintomatologia.

CONCLUSÃO: Este trabalho tem o intuito de demonstrar que existem efeitos colaterais pelo uso prolongado de medicamento. O Indivíduo, muitas vezes, já pode estar predisposto a algum desequilíbrio pela sua própria constituição e os medicamentos exacerbam ainda mais estes desequilíbrios.

Não podemos esconder os fatos de que, atualmente, é difícil obtermos boa alimentação, regularidades nas atividades físicas, diminuição do estresse, entre outros, pois no mundo em que vivemos, as exigências do dia-a-dia nos levam a isso.

Porém, a partir deste trabalho podemos agregar um tipo de tratamento que não nos leva a obter mais "doenças" pela cura da doença, e sim a busca por um maior equilíbrio do corpo humano: a acupuntura.

REQUENA (1990) afirma que a acupuntura, dentre os tratamentos da MTC, recupera o equilíbrio do paciente que apresenta desordens energéticas que podem se manifestar de forma orgânica e/ou psicológicas.

A Acupuntura não busca o tratamento apenas dos sintomas, mas também busca compreender o indivíduo como um todo que vem à sua procura. Ela analisa o meio em que o indivíduo vive (alimentação, atividade física, trabalho, medicamentos utilizados, etc) e orienta a realização de pequenas mudanças para obtenção de um maior equilíbrio físico e psicológico.

Os efeitos colaterais causados por medicamentos já são conhecidos pelo indivíduo, porém a cultura de auto-medicação está enraizada no povo ocidental.